Liga 3: Sonho da subida esfuma-se em 45 minutos

Spread the love

DB/Foto de Pedro Ramos

Tiago Moutinho apresentou uma grande novidade no onze inicial. João Resende estreou-se a titular pela Briosa e numa posição que não costuma atuar (a extremo esquerdo). Num sistema tático de 4-2-3-1, o técnico ainda promoveu a titularidade de David Teles, Vitinho e Vasco Gomes, que tinham sido suplentes na última partida diante do Sp. Braga B. Aílson, Fausto Lourenço, João Silva e Tiago Veiga foram relegados para o banco.
A partida começou com a maior iniciativa da Briosa, que foi ameaçando várias vezes o último terço da equipa de Alcântara (Lisboa), com diversos cruzamentos perigosos. A primeira ocasião soberana do jogo pertenceu aos estudantes, aos 23’. João Resende podia ter tido uma estreia de sonho se não fosse a grande parada de Nélson Pinhão. Podia ter feito melhor o jogador academista, visto que estava isolado.
A formação forasteira reagiu positivamente e durante alguns minutos conseguiu colocar a Académica em sentido. Aos 32’ e depois de uma jogada de quatro para dois, David Silva apareceu em excelente posição, mas rematou muito torto.
Ao longo de cerca de 10 minutos, o Atlético conseguiu equilibrar a partidaLogo depois, porém, os academistas voltaram a carregar.

Ler notícia completa na edição de hoje do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.